terça-feira, 27 de novembro de 2012

O antigo hino cristão : "Conta-me a velha História "





MAIS  UM  ...

"Tesouro Escondido No Campo "  do  passado  ...
[ Mateus 13 : 44 ]


...............................................................

Outro dia ,  após  "levantar " , -  iniciando as  rotinas
do  dia-a-dia ,
-  "começou a tocar "  em  minha mente ,
este  lindo hino  antigo ,
-  do  antigo  protestantismo  evangélico .

Acredito que ,  -  SE  !  -  "trouxe benefício "  
para  "gerações passadas " ,

e  -  [ também ] ,

"geração  que está  passando  "  [ eu ]  ,

-  pode  igualmente , 

-  "abençoar "  as  ...  "as novas  gerações "  !
...............................................................

Abaixo ,  -  informações , -  e  letra  do  hino ,
em  "portugues "
[ Evidentemente ,  - a  tradução para o "portugues " ,
-  "foge " , -  ràzoavelmente  ao original ] 

Letra: Arabella Katherine Hankey (1834 - 1911)
Música: Willian Howard Doane (1832 - 1915)

"Este magnífico cântico ,
foi traduzido para quase todas as línguas. 

Arabella Katherine Hankey ,
nasceu em Clapham, Londres, Inglaterra em 1834. 

Era ativa na "Escola Dominical " , - 
- e no trabalho de sua igreja , 
- desde seus primeiros anos. 

A evidência de seu profundo interesse 
e solicitude pelos outros 
pode ser vista imediatamente. 

Por exemplo, 
antes de atingir os vinte anos de idade, 
Kate dirigiu uma grande classe bíblica para moças. 

Afeiçoou-se tão profundamente às suas alunas 
que por mais de cinqüenta anos [ ! ] ,
- manteve contato com muitas delas. 

Muitas vieram de grandes distâncias 
para assistir ao seu funeral ,
- cinqüenta anos  [ ! ] ,
- depois , - de haver lecionado para elas.

A letra deste hino ,
- é parte ,  - de um longo poema 
intitulado "A Velha, Velha História", escrito em 1866. 

A primeira parte ,
- é um poema de cinqüenta estrofes, 
intituladas "A História Desejada", 
com data de 29 de janeiro de 1866. 

A segunda parte ,
- é intitulada "A História Contada", 
com data de 18 de novembro de 1866. 

A autora contraiu uma grave enfermidade 
pouco antes de compor o poema ,
- e passou os longos dias de convalescença 
escrevendo o poema.


A srtª Hankey conta: - “Escrevi a primeira parte 
perto do fim de janeiro de 1866. 

Estava adoentada naquele tempo, 
me restabelecendo de uma severa enfermidade, 

- e a primeira estrofe 
indica realmente meu estado de saúde, 
pois estava completamente fraca e cansada. 

Quando escrevi a primeira parte, 
eu o pus de lado [ o poema ] , 
e apenas no mês de novembro do mesmo ano 
completei o poema todo.”

Sobre a música, 
- Doane escreveu: 

- [ Em 1867 ] ... 
- eu  escrevi a música para o poema ,
- numa tarde de calor, 
- viajando numa diligencia entre 'Glen Falls House' 
e 'Grawford House' nas Montanhas Brancas. 

Nessa mesma tarde ,
- cantamo-lo na sala de visitas do hotel, 
- nós o achamos lindo, 
- embora não pudéssemos antever 
o reconhecimento público ,
- que lhe seria atribuído posteriormente.”
...............................................

Fonte: http://www.musicaeadoracao.com.br/
..............................................



CONTA-ME A VELHA HISTÓRIA

Conta-me a velha história
Do grande Salvador;
De Cristo e sua vida,
De Cristo e seu amor.
Com pausa e paciência,
Pois quero alcançar
A altura do mistério:
Que Deus me pode amar.

Conta-me a velha história,
De Cristo e seu  Amor !

Fala-me com doçura
Do amado Redentor,
Querendo consolar-me,
Em tempo de aflição,
Oh! Conta a velha história
Que alegra o coração!
Oh! Narra com ternura
A história de Jesus!

Conta-me a velha história,
De Cristo e seu  Amor !

Se o brilho deste mundo
Toldar do eterno a luz,
Oh! Narra com ternura
A história de Jesus!
E quando, enfim, a aurora
Do mundo-além raiar,
Recorda a velha história:
Que Deus me quis salvar!
..............................................







* * * * *